Dúvidas

 

Existe algum perigo ao instalar energia solar em uma residência?

Os riscos são os mesmos de fazer qualquer manutenção no sistema elétrico de uma casa. Ou seja, se for bem feito, o risco de levar um choque ou ter um curto circuito é muito baixo.

Consigo instalar energia solar em apartamento?

Somente se você for o dono da cobertura ou se o condomínio tiver uma área grande o suficiente no topo do prédio para instalar as placas para uso comum. Painéis instalados em fachadas de prédios são somente usados em projetos específicos de arquitetura e custam caro (além do preço existe a questão de regras do condomínio, você não pode fazer nada que altere a fachada do prédio). Para apartamento normal, dentro da cidade, muito improvável.

Para esses clientes a Trônica oferece o Condomínio Solar.

Posso ligar qualquer equipamento com energia solar em uma residência?

Sim, se você tiver um sistema fotovoltaico conectado na rede elétrica (o padrão) você não terá nenhum problema pois ele gera energia em paralelo com a rede da Distribuidora. Ou seja, quando falta energia solar a rede compensa.

Como funciona a energia solar residencial durante a noite ou na chuva?

Não funciona, a não ser que você tenha baterias para guardar energia durante o dia. Por isso que os sitemas fotovoltaicos são em 95% dos casos conectados na rede de distribuição de energia.

Durante o dia você gera energia elétrica solar além do que você precisa e joga o excedente na rede da Distribuidora. Esse excedente vira créditos de energia. Durante a noite você usa a energia da rede da Distribuidora e abate o seu consumo dos créditos de energia que você gerou durante o dia.

A conta de luz pode chegar a R$ 0,00 em uma residência com energia solar?

Não. Você sempre terá que pagar uma taxa mínima para ter a energia da Distribuidora ligada na sua casa para quando você precisar, chamada de Taxa de Disponibilidade.

Quanto pesa o sistema de energia solar residencial?

  • Em média ele varia de 12kg/m2 até 17kg/m2.
  • Para telhados de telha de barro ele fica perto de 15kg/m2.
  • Para telhados metálicos de telha trapezoidal ou telha zincada ele pesa em média 13.5kg/m2.
  • Para lajes de concreto, onde é necessário inclinar as placas de energia solar, ele pode chegar até 17kg/m2. Para lajes de concreto onde precisa-se inclinar as placas e não pode perfurar para fixar, aí será necessário usar um sistema com lastro e o peso pode subir bem mais. Mas no geral o sistema fotovoltaico residencial é muito leve e 99% dos telhados suportam ele sem problemas.

Os painéis solares podem ser transferidos no caso de mudança de residência?

Se você usar um sistema de fixação de boa qualidade com certeza poderá remover os painéis solares, o inversor e até mesmo algumas partes do sistema de fixação podem ser desaparafusadas e reaproveitadas em uma mudança. Desta forma, você pode levar com você o seu gerador de energia fotovoltaica residencial.

As placas solares resistem à granizo e ao peso de uma pessoa?

As placas solares de qualidade possuem, em sua maioria, um vidro temperado de 3,2mm à prova de granizo.

IMPORTANTE: Embora o painél solar seja muito resistente, você não deve andar em cima dele para não criar microfissuras ou trincas nas células fotovoltaicas, o que acarretaria uma perda de eficiência do seu sistema.

Se até o fim do mês eu produzir mais energia do que eu consumi eu posso vender este excedente para a Distribuidora?

Não. De acordo com a Resolução 482/2012 da Aneel se você produzir mais energia do que consumiu esta energia excedente vai virar crédito de energia e esse crédito tem 60 meses de validade, a partir do mês que foi criado. Ou seja, quando for calcular o tamanho do seu sistema fotovoltaico calcule para que ele não produza, por ano, mais energia do que você normalmente consome.

Se acabar a luz da rua o meu sistema de energia solar continua funcionando?

Não. Se o seu sistema estiver conectado na rede elétrica da Distribuidora, o inversor fotovoltaico irá desligar e isolar o seu sistema fotovoltaico por uma questão de segurança. Desta forma você evita causar um acidente ou estragar o seu sistema.

Se houver um racionamento de energia o sistema de energia solar ajuda?

Sim. Em 2001, quando tivemos a primeira Crise de Energia, o governo estabeleceu um limite máximo de consumo para as residências e quem ultrapassasse pagava multa. Se você tem um gerador de energia solar você produz a sua energia e não paga multa se houver racionamento de novo.

Quantos anos dura um sistema de energia solar fotovoltaica?

O sistema como um todo, se bem cuidado e composto por equipamentos de qualidade, deve durar 25 anos ou mais.

O que acontece após os 25 anos de uso do sistema fotovoltaico? Ele perde totalmente a utilidade ou continuará funcionando com uma eficiência mais baixa?

Após os 25 anos ele continua funcionando. Provavelmente produzindo 20% menos energia do que no primeiro ano (a vida útil dos painéis pode chegar a 50 anos se for bem feito). Há uma degradação natural onde eles perdem, em média, 0,7% de sua eficiência por ano. A garantia padrão dos bons fabricantes é de uma perda máxima de 20% em 25 anos.

Qual a manutenção necessária após a instalação do sistema?

A manutenção anual limita-se a limpeza das placas (quando for necessário) com água. Se chover, a chuva fará este trabalho para você, caso fique muito tempo sem chuva (mais de 6 meses) e você observar que a placa está realmente suja, então o ideal é passar um pano nos painéis ou um jato de água.

Em quanto tempo o investimento se paga?

Entre 5 e 7 anos, de acordo com a região, com o local que o sistema será instalado e com as taxas de juros do financiamento, quando for o caso. Com estes constantes aumentos na conta de luz muito provavelmente o investimento se pagará em ainda menos tempo. Depois que o sistema de energia solar se paga, toda a energia gerada será gratuita!

Quantos dias são necessários para instalar o sistema fotovoltaico em uma residência?

Normalmente entre 2 e 3 dias é possível realizar a instalação (dependendo do tamanho do sistema) e também se não houver tantas dificuldades para acessar o telhado da residência. Mas normalmente é realizada em 2 dias.

Meu telhado tem 30 graus de inclinação, os módulos irão acompanhar essa inclinação ou será montada uma estrutura com a inclinação igual à latitude do local, por exemplo 22 graus?

A instalação dos módulos vai acompanhar a inclinação do telhado. Normalmente montar uma estrutura específica para inclinar os painéis no mesmo ângulo da latitude local é mais caro do que o benefício da geração de energia que é obtida. Ou seja, não compensa nessa situação inclinar os painéis a 22 graus.

Como é feito o descarte do sistema fotovoltaico?

Os painéis são feitos principalmente de vidro, alumínio e silício purificado (também tem prata e plástico). Todos esses materiais são recicláveis. Além de reciclável os 3 principais componentes têm um belo valor e podem ser vendidos.

Eu posso instalar um sistema de energia solar com baterias e dispensar a Distribuidora de energia?

Pode. Isso chama-se “Sistema de Energia Solar Autônomo ou Isolado”, mas isso vai custar bem caro e tem que ser muito bem planejado. Se você calcular um sistema “pequeno” demais correrá o risco de ficar sem energia na sua casa. Além disso as baterias vão precisar de manutenção ao longo dos 25  anos de vida do seu gerador solar.

Como é feita a conexão do meu sistema com a rede elétrica?

Os painéis solares são conectados ao Inversor e o Inversor é conectado ao quadro de distribuição (quadro de luz). Assim, a energia gerada é distribuída para sua casa ou empresa.

O que é a homologação do sistema junto a Distribuidora?

É um procedimento padrão onde a sua Distribuidora de energia verifica se o seu sistema de energia solar foi construído de acordo com as normas de segurança.

Como eu monitoro a produção de energia solar do meu sistema?

Um inversor fotovoltaico de qualidade é conectado na Internet! Você vai poder ver a produção de energia solar em tempo real de qualquer celular, tablet ou computador em qualquer lugar do mundo, via Web ou APP. Além disso, este sistema vai armazenar as informações de produção dos meses e você poderá comparar quais meses o seu sistema funcionou melhor.

 

O que é o Condomínio Solar?

O Condomínio Solar é a solução ideal para pessoas que desejam produzir sua própria energia mas não dispõem de telhado para instalar seu Sistema Fotovoltaico.

No Condomínio Solar o Sistema Fotovoltaico será meu?

Sim. Você adquire um Sistema Fotovoltaico e o hospeda em nosso Condomínio Solar. Você será proprietário de um Sistema Solar Fotovoltaico por 25 anos.

Qual a vantagem de instalar meu Sistema Solar no Condomínio?

No Condomínio Solar nós cuidamos da limpeza das placas solares, administração, manutenção preventiva, segurança, monitoramento do local e seguro contra furto, roubo e danos causados por descargas atmosféricas e granizo, pelo período de 25 anos.

Para quem não possui um telhado disponível, essa é uma excelente opção para propiciar a geração da própria energia elétrica.

E se eu não quiser comprar um Sistema Fotovoltaico?

No Condomínio Solar, ao invés de comprar você pode optar pelo aluguel de um Sistema Fotovoltaico do nosso Condomínio Solar e receber 10% de desconto mensalmente em sua conta de luz, sem fazer nenhum investimento! Simples assim!

Para grandes consumidores, a economia é significativa além de dispensar o investimento em um Sistema Solar próprio.

Quem pode fazer parte do Condomínio Solar?

Residências, comércio, indústrias e condomínios que não possuam telhado ou local disponível para instalação.